Poemas de amor de seis linhas




poemas de amor de seis linhas

O Amor, é um elástico Que se estica tanto que acaba por quebrar.
O vento fazia-me arrepiar.
Maria Real Amor Harmonioso Pedi ao vento, ao Sol, e as nuvens, três elementos da natureza que me ajudassem a levar até ti um pouco de mim e do meu amor.
Se do claustro fechado das minhas mulher procurando homem marghera mãos vazias brotassem árvores refloridas de espanto; Se, dos rios de pedras sem margens, nautas caravelas encetassem rotas de viagens e a saliva escorresse lívida, leitosa, amamentando a Noite que chora.Quero uma mulher te busca um beijo prateado, cheio de estrelas e sonhos Quero adormecer na loucura dos teus olhos.Ficando no ar a questão se, Encontrarei alguém digno de um sonho, Ou por quem me ouse apaixonar.O se fazer presente na ausência.



No que toca ao Coração o Pensamento é incerto e nunca lhe chega perto por estar preso à Razão.
Desejo, companheirismo ou até mesmo castração.
Eras um Anjo, uma Sereia Imaginário do meu Ser?
Quando se mergulha nas gotas da chuva E navegamos pela imensidão, isto é magia.Recordo tempos passados, Com saudades de voltar Àqueles beijos roubados Que tu não me querias dar.Bruno dos Santos Se do claustro fechado das minhas mãos vazias.Sou prisioneira do teu ser, Sou dependente do teu querer.Cada vez que te vejo O sol canta comigo Na doçura de um beijo Canto agora contigo.De procuro mulher lesviana em bogota uma ideia junta de ingredientes específicos sim sentia a falta do pai embora habitassem o mesmo T3 sim sentia a falta de ser-se embora se fosse sim sentia a falta de algo embora, talvez, tudo fosse sim queria saltar da ponte embora nunca tivesse.Dina Rodrigues Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007 Amor Eu sei, meu Amor Que nunca passeámos De mãos dadas Pela margem da vida.Sais sempre tu, sai sempre amor!Hoje, és raio de luz, Brisa calma Ao descer da noite.




[L_RANDNUM-10-999]
Sitemap